Veinfix 15 maneiras de evitar as varizes nas pernas

O sangue baixa desde o coração até as pernas e, obviamente, tem que voltar. É aí que, se você encontrar um “inchaço”, é encalha e produz certos problemas.

No caso de isso acontecer nas pernas se formam as varizes: para muitos uma questão de estética, mas na realidade trata-se de uma alteração da saúde que, há que reverter.

O sangue viaja para as pernas para oxigenarlas e chega aos pés, cuja planta é, como descreve o Dr. Manuel Matas, chefe de Angiología e Cirurgia vascular do Hospital Quirónsalud Barcelona, “um segundo coração, uma esponja cheia de sangue venoso que se vazia quando caminhamos e facilita que vá para cima“.

Falaremos também neste artigo sobre o Novo Suplemento Alimentar natural para combate as Varizes, o VEINFIX.

Relacionado com este artigo

Circulação Sanguinea

Nesse processo, a rede venosa superficial das pernas o tem difícil, por isso deverá ajudá-la antes de que as moléstias varicosas (que dão lugar a esses “árvores azuis” pouco estéticos) decorrentes em veias mais dilatadas e deformadas. VEINFIX é tambem recomendado para melhorar a circulação sanguinea do seu corpo.

Quais são os teus pés se sobrecarregam?

Tome nota dessas dicas que ajudam a reduzir os sintomas e retardar seu progresso:

  • Começa e termina o dia com um banho nas pernas. A hidroterapia, baseada no contraste de temperatura, favorece a elasticidade das veias e proporciona sensação de alívio diante de desconforto como comichão, ardor e dor. Direcione o jato de água primeiro para os pés e vá subindo pelas pernas, joelhos e coxas. Alternando água fria e quente, mas acaba sempre com frio, para ativar a circulação.
  • Anda na ponta dos pés por alguns minutos.A pressão que faz o músculo a se contrair facilita o retorno venoso. Primeiro, dá passos suaves andando descalça na ponta dos pés: para frente e para trás. Depois, anda durante 2 minutos, marcando o passo de forma exagerada e apoiando a ponta do pé que fique para trás. Para terminar, junte as pernas e sobe e desce um calcanhar apoiado nos dedos. Em seguida, muda de pé.
  • Se você ir estreñida… você toma medidas, já!As pessoas que o sofrem, ao apertar com força para evacuar podem fechar o fluxo de algumas veias e forçar o sangue que retorna ao coração a tomar outras “rotas”. Isso gera hipertensão intra-abdominal, o que dificulta o retorno venoso das pernas e favorece o aparecimento de varizes. Para evitá-lo, pónselo fácil o trânsito intestinal: tomar fibra, fazer esporte, dar-lhe massagens…

Relacionado com este artigo

Natural

  • Use meias de compressão, também no verão.Apertam-se mais na zona do tornozelo e diminuem a tensão à medida que se aproximam do joelho. Se você usá-los no inverno, pois você tem alguma sua anatomia prévia, não prescindas delas no verão (quando mais falta fazem, já que o calor provoca o aumento do calibre das veias e por isso dói). Uma solução para a sensação de desconforto é quitártelas nas horas mais quentes e optar por meias de compressão leve, de tecidos mais finos.
  • Massagear seus pés com as duas mãos.As massagens manuais e a pressoterapia são técnicas efetivas que se realizam em centros, mas também pode aliviar os sintomas das varizes em casa: Date automasajes com ambas as mãos na perna, começando pelos dedos dos pés e subindo suavemente até a virilha para os dois lados. Insiste nas coxas com movimentos circulares e repita com a outra perna. Para potencializar seus benefícios que você pode usar óleos, cremes ou géis específicos com efeito frio.
  • Lembre-se de não cruzar as pernas.Esta postura comprime as veias, de modo que dificulta o fluxo natural do sangue. Mas custa muito “desaprender” este hábito, você deve evitá-lo. Se você trabalha sentada, deixa uma nota para a vista que te lembre-se descruzar as pernas.

Relacionado com este artigo

Em forma

  • Verifica quanto medem seus saltos de sapatos.Que não sejam muito altos. Este tipo de salto faz com que todo o peso do corpo recaia nos tornozelos, provocando inchaço. Mas também não concordam muito baixos. O ideal é que medem de 2 ou 3 centímetros, para que se contraia um pouco o músculo ao andar.
  • Leva menos sal e mais ômega 3.Com o sal, recorre ao truque da colher: o que cabe em uma de sobremesa (5 gramas) é o máximo que você deve tomar durante o dia todo (tenha em atenção que existem muitos produtos que levam sal adicionado, não conta apenas o que ponhas com o saleiro. Exceder essa quantidade se favorece a retenção de líquidos, que causa inchaço de tornozelos. Por outro lado, consome peixe 2 vezes por semana e umas nozes cada dia. Isso te fornece uma dose adequada de ácidos gordos ómega 3, que ajudam a melhorar a circulação.
  • Mexa-se mais.Fazer exercício físico ativa a musculatura das pernas e isso ajuda a seu sistema venoso. Descarta desportos em que os pés causar impacto contra o solo (como correr), já que contribuem para agravar os problemas de circulação. Opta-se melhor por andar, pedalar, nadar… agora, Se você não faz nada de esporte, é possível que, no princípio notes “furos” nas pernas. Para evitar isso, inclui o esporte em sua vida de forma gradual.
  • Evita o excesso de calor nas pernas.A depilação com cera quente, saunas ou banhos a altas temperaturas dilatam as veias e piorar o problema. Também procura evitar o excesso de sol sobre elas, já que nos meses de verão, você vai gostar de olhar umas pernas bronzeadas, las aos raios solares deitada imóvel durante horas (especialmente ao meio-dia) provoca uma vasodilatação intensa.
  • Mantenha a sua pele bem hidratada.A secagem acentua a sensação de coceira e desconforto. Por isso, é importante não descuidar da hidratação. Se, além disso, enfrías seu creme hidratante na geladeira, ao aplicártela você sentirá um efeito refrescante.

Relacionado com este artigo: Veinfix

Vida saudável

  • Escolha alimentos aliados de suas veias.A cebola contém uma grande quantidade de flavonóides, pelo que quando tomado regularmente ajuda a proteger as paredes das veias. E os frutos vermelhos, sobretudo os mirtilos, mas também os morangos e as framboesas, melhoram a circulação periférica. Além disso, protegem e fortalecem os vasos venosos.
  • Perder um pouco de peso, ajudá-lo.Os quilos a mais produzem uma pressão adicional sobre as veias, dificultando o impulso do sangue para cima. Controla a gordura saturada e o açúcar de sua dieta, procurando evitar ao máximo a pastelaria, os enchidos, doçaria, os pratos pré-cozinhados…
  • Mais um motivo para não fumar nem beber.Os tóxicos do tabaco danifiquem as paredes de veias e artérias e favorecem as varizes. O álcool também reduz a elasticidade das veias, de modo que não tome mais uma cerveja ou um copo de vinho ao dia.
  • Lança mão da fitoterapia. Os extratos de certas plantas possuem mecanismos bioquímicos que tonificam a parede venosa”, explica o professor Salvador Cañigueral, presidente da Sociedade brasileira de Fitoterapia (SEFIT). Seus efeitos positivos notam-se especialmente aos medicamentos comercializados à base de tais produtos, já que os trazem em doses adequadas. Estes tratamentos “não removem as varizes uma vez instauradas, mas sim combater os sintomas e retardar sua progressão”, adverte.

Caso os problemas das varizes persista, recomendamos que você use o suplemento alimentar natural VEINFIX.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *